Areia branca, lagoas cristalinas, ilhas fluviais e praias de água doce e salgada em dois destinos de tirar o fôlego

Adicionar aos favoritos Remover dos favoritos

Os dois lugares dessa experiência - os Lençóis Maranhenses, no Maranhão, e o Delta do Parnaíba, na divisa do estado do Maranhão com o estado do Piauí - promovem um contato direto com a exuberante natureza da região.

O primeiro tem dunas de areia branca e fina. Um verdadeiro deserto que, entre os meses de junho e setembro, fica repleto de lagoas de água cristalina, cujos tons variam entre o azul e o verde esmeralda.

Já o segundo é o único delta das Américas em mar aberto. Como ele, só existem dois outros no mundo: o do Rio Nilo, no Egito, e o do Rio Mekong, no Vietnã. São mais de 70 ilhas, várias delas visitáveis, em cerca de 2.700 km² de área.

O bom é que esses dois destinos tão dessemelhantes, dois mundos dentro de um mesmo país, podem ser visitados em uma mesma viagem. Então, aproveite!

Destinos de
desta experiência
Barreirinhas
Parnaíba
Dia
Adicionar aos favoritos Remover dos favoritos
Dia 1
Beleza que hipnotiza

O melhor ponto de partida para explorar os Lençóis Maranhenses é a cidade de Barreirinhas, localizada a 250 km de São Luís, a capital do Maranhão. De lá, saem passeios organizados para os principais pontos de interesse do destino, todos realizados em jipes ou em caminhonetes com tração 4x4, a única maneira de vencer as dunas, os riachos e os obstáculos das rotas até as lagoas.

No primeiro dia, o destino escolhido é a Lagoa Bonita. O trajeto começa com a travessia do rio Preguiças, que separa Barreirinhas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, onde está a maioria das atrações do local. Automóveis e turistas embarcam juntos. Não deixe de observar a paisagem encantadora desse rio tão cheio de vida, enquanto se prepara para a descoberta de um lugar mágico.

Depois da travessia, o veículo avança por estradas de areia e riachos e estaciona próximo à lagoa. Após uma pequena caminhada, você vai avistá-la e, certamente, se render às evidências: é difícil não ficar hipnotizado quando o espetáculo formado pelo mundo de areia e de lagos se descortina diante dos olhos.

Na volta a Barreirinhas, recupere suas energias com um belo peixe grelhado ou um prato à base de frutos do mar, algumas das especialidades locais.

  • Destaques da Experiência
  • Atracão
  • Aeroporto
Dia 2
Mais magia

Hoje é dia de conhecer a Lagoa Azul. Porém, antes, vale a pena dar uma passada no Farol de Mandacaru, também chamado Farol de Preguiças, ao lado do rio de mesmo nome. Do alto dos 160 degraus que levam à atração, é possível ter uma linda vista de 360 graus do lugar e ver, de um lado, o rio, e do outro, o mar.

Depois, siga para a Lagoa Azul, tão deslumbrante quanto a Bonita. Um percurso de jipe de 35 minutos leva você a mais esse paraíso. Prefira ir no período da tarde, para aproveitar a luz do fim do dia e o pôr do Sol mágico.

  • Destaques da Experiência
  • Atracão
  • Aeroporto
Ótimo para

Caminhada, Comfort Inn

Dia 3
Praia de rio no Delta do Parnaíba

Dia de seguir para a cidade de Parnaíba, que dá nome ao Delta. Prefira fazer o percurso de manhã bem cedo, pois se a distância não é tão longa, 200 km, a viagem costuma levar mais de 4 horas.

Ao chegar, vá ao Porto das Barcas, um dos principais pontos turísticos da cidade, localizado ao lado da ponte que liga o continente à Ilha Grande de Santa Isabel. De lá, ainda partem alguns dos passeios pelo Delta (mas a maioria sai do Porto dos Tatus). Com ruas estreitas e prédios antigos, o local conta com diversos bares e restaurantes. É um ótimo lugar para comer, descansar e caminhar um pouco, antes de seguir para o próximo destino.

A Praia da Pedra do Sal, na Ilha Grande de Santa Isabel, é fluvial e um dos mais agradáveis passeios da região. Seus 8 km de praia são muito frequentados por habitantes locais e pescadores. As águas calmas são propícias para banhos e prática de esportes náuticos, como o kitesurf.

  • Destaques da Experiência
  • Atracão
  • Aeroporto
Dia 4
Água doce e salgada

Hoje é dia de misturar água doce e salgada! O primeiro passeio é pela Lagoa do Portinho, que passou muito tempo assoreada, mas já está novamente cheia. A recuperação ocorreu graças à iniciativa de habitantes do local, que solicitaram uma licença à Secretaria de Meio Ambiente do estado para criar e desobstruir canais que a irrigam.

A Praia do Coqueiro, segundo destino, é uma antiga vila de pescadores localizada no município de Luís Correia, vizinho a Parnaíba. A praia possui águas tranquilas, que convidam a um banho, e uma barreira de corais, que se revela na maré baixa. Perfeita para descansar algumas horas. No fim do dia, quando a fome chegar, experimente um dos muitos restaurantes do local que servem peixes frescos e deliciosos.

  • Destaques da Experiência
  • Atracão
  • Aeroporto
Aproveite!